terça-feira, julho 13, 2010

Perfil

sou assim,
largada, vaidosa,
vadia, sapeca,
meus atos,
desatos da vida,
sou imprevisível,
imprevisível do imprevisível,

se choro,
ou se rio,
se transbordo,
ou me encolho,
sou mutante,
sempre,
ser mutável,
inconstante,

árvore que dobra ao vento,
diz a lenda chinesa,
e assim, continuo meu caminho
aos trancos e tamancos,

sempre e sempre e sempre...



30 comentários:

Saulo Taveira disse...

e sempre estarei aki largado, vaidoso, sapecO, rindo, chorando, mudando, aprendendo, seguindo.

Bjus lançados ao vento,
te encontram como folhas que caem,
a seu lado e a contento.

Robin K disse...

e assim, a tua vida nunca deve ser monótona, não. :-)
Que excelente pessoa vc deve ser

Helcio Maia disse...

Discordo!!!
Você é previsivel!!
Previsivelmente inconstante, inteligente, criativa, intensa, charmosa, fe menina.
Não pode ser pelas bordas, deve ser o bordado inteiro.
Beijo imenso (para ser diferente e, portanto, imprevisível rsrs).

Patrícia Gonçalves disse...

Saulo, então fica combinado, somos nós dois, blog a blog! rsrs

Adorei seus versos!!

beijo grande

Patrícia Gonçalves disse...

Robin, querido, se sou excelente..., hummm, isso é outra conversa, mas, definitivamente, minha vida não é monótona.

Minha vida se parece uma dessas novelas mexicanas, Deus, e o pior, eu sou a protagonista!!!!

Patrícia Gonçalves disse...

Helcio, vem cá!!!! Previsivelmente inconstante?!!!

Tá bom, puxei a Anita!!!!

Valéria Sorohan disse...

Reinventar-se vez ou outra é essencial.

BeijooO

Bípede Falante disse...

Patrícia, ser assim intensa nem sempre é tão fácil quanto parece, não é?

Canto da Boca disse...

"aos trancos e aos tamancos", com brincos e batom, porque o que eu consigo captar de ti, Patrícia, é o ser, a mulher em essência que apesar das contingências, vive, vive intensamente os sentimentos, se entrega se desdobra, e se enche de condições de prosseguir, ainda que pule barrancos e sobrevoa terremotos.
Uma mulher valente. Uma mulher imensa, em ser, sentir e dividir.

Um beijo grande, respeito, carinho e admiração!

A.S. disse...

Patricia,

Moldas a tua vida às circunstâncias que a própria vida apresenta. Porém, por vezes, precisamos lutar contra as lógicas. Ajustar a vida aos nossos sonhos, como os corpos se ajustam quando amam...

BeijOOO
AL

Lara Amaral disse...

Gostei do perfil, vc é de verdade! =)

Beijos.

Marcio Nicolau disse...

Legal é que o perfil ainda não mostra a face inteira.

Michele P. disse...

Alguém já se auto-denominou um "mosaico de eus",cabe a ti também Patrícia, cabe a nós.


Beijos!

Patrícia Gonçalves disse...

Valéria, é fundamental para manter o desafio!

beijão

Patrícia Gonçalves disse...

Bipede, não, não é, sempre fui acusada de ser uma coisa ou outra ou então, não compreendida por não ser/ter o comportamento esperado. Essa parte é a externa, quanto à interna, é que quando dói, dói demais, e quando é bom perdemos a cabeça, e se é pra tentar, arriscamos tudo.

ainda bem que os anos chegam e com as rugas, maturidade e sabedoria!

beijo grande

Patrícia Gonçalves disse...

Canto, obrigada por me perceber assim. Não quero ser presunçosa, já sendo, mas você me conhece? rsrssr

Sou valente, moça, ainda bem, e os medos que ainda restam, os encaro de frente, mesmo que esteja me borrando toda!

Mais uma vez, muito obrigada pelas gentis palavras e o carinho!

Grande beijo!!!!

Patrícia Gonçalves disse...

Al, adorei as palavras "ajustar a vida aos nossos sonhos, como os corpos se ajustam quando amam..."

Beijão!!!!

Patrícia Gonçalves disse...

Lara, rsrsrsr, será? ou serei um personagem fugido de alguma história?

beijos, moça.

Patrícia Gonçalves disse...

Marcio, legal, mas será que se a gente mostrar o outro perfil, juntando os dois dá o inteiro?

Patrícia Gonçalves disse...

Michele, somos um lindo mosaico, com certeza, dos mais coloridos...

beijão!

Carol Morais disse...

Eu me identifiquei com esse teu poema lindo. Eu também sou assim, um pouco de tudo, um pouco inconstante. Eu sou única e, do meu jeito único eu levo a minha vida!
Adorei tuas palavras, Patrícia!
Um megabeijo

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Esse Hélcio e essa Carol, sabem ser sedutores...

Patrícia, acho que qqr ser humano se identificaria com esse poema genial. Ser assim, se deixando levar sem apegos, aceitando esse destino do NOVO, então seremos felizes....

adorei!

Léo Santos disse...

Segundo o teu perfil tu é uma mulher fantástica! Te adorei! Que bom que todos os perfis fossem nesse formato né...

Um abraço!

Patrícia Gonçalves disse...

Carol, obrigada, acho que esse povo que escreve é tudo assim, intenso, inconstante, maluco mesmo!! rsrsr

Carol, você é linda, ainda mais agora em sua nova fase, comedora de sereias!!! kkkkk

Um beijão linda!

Patrícia Gonçalves disse...

Wal, minha amada, obrigada pelo "poema genial", acaba sendo um poema genérico!!! rsrsr

Concordo com você o Helcio tem curso de sedução, você pisca e tá fisgada, o cara é perigoso!!!!

Já a Carolzinha, é linda, depois então que cortou os cabelos, arejou os costumes!!!!

Um beijão aos três!!!!

Patrícia Gonçalves disse...

Leo, por onde você andou?!

Nossa, se eu soubesse que esse poema fosse me trazer tantas alegrias já o teria postado antes!!!!

Adorei o seu texto e sua taradice lá no seu blog!

beijão

Geraldo de Barros disse...

e eu gosto de vc assim

=)


beijos,
Ge

Marcio Nicolau disse...

Patrícia: nem mesmo dois perfis revelam o todo. Há sempre mais...

Sylvia Araujo disse...

E quanto mais caminhamos mais somos! Coisa boa!

Beijoca, flor

nas entrelínguas disse...

" ¿Qué es poesía?, dices mientras clavas
en mi pupila tu pupila azul.
¡Qué es poesía! ¿Y tú me lo preguntas?
Poesía eres tú. "

[Gustavo Adolfo Bécquer]