terça-feira, maio 18, 2010

Ponto de Interrogação

seria mais simples
ter todas as respostas
não me revolveria
de dentro prá fora
numa acrobacia irregular

viveria sem angústias
“no doubts”
caminharia mais leve
sem o peso da decisão
o de não decidir por ir, ou ficar
o de ser ou não ser
um sim ou um não…

mas pensando bem…
o que seria eu, sem o ponto de interrogação?

13 comentários:

Helcio disse...

Ele (o interrogativo sinal) possibilita,, mais do que respostas, incursões dúvidas adentro.
Acrobacias irregulares...isso me agrada e deixa, no fim da frase deste dia, um ponto de ...exclamação.

Carol Morais disse...

[com sem acentos]

Que bom te ler.
O poeta eh assim mesmo. Ele cria ou desfaz sentidos com pontos de interrogacao. A gente precisa da duvida para poder viver.A gente leva a duvida com a gente, pra onde quer que a gente va.

Lindo texto!
Beijos

Juan Moravagine Carneiro disse...

Realmente não existe verdade absoluta...

belo escrito!

abaço

Patrícia Gonçalves disse...

Helcio, ponto de exclamação, ponto de interrogação, dois pontos, ponto e virgula, só não cabe aqui o ponto final!

Patrícia Gonçalves disse...

Carol, teve um tempo que não sabia de mim poeta e a dúvida me perseguia como cachorro abandonado, eu não tinha certezas, nem relativas, muito menos absolutas, só tinha medo da dúvida e de pegar sarna e outras doenças de cachorro abandonado.

Obrigada, linda!
bjs

Patrícia Gonçalves disse...

Obrigada Juan, não existe verdade absoluta, mas também nem meia verdade.

beijão

Patrícia Gonçalves disse...

Um outro comentário foi postado aqui, mas se perdeu, desculpe-me o comentarista, mas não sei o que está acontecendo. Os comentários depois de aprovados desaparecem.

Helcio disse...

De alguma análoga maneira, é assim com tudo...aprova-se e...cadê o queijinho que estava aqui? rs

Sarah Slowaska disse...

Gostei :)

Se tivéssemos todas as respostas, nos sentiríamos uns inúteis, pois todas elas seriam definitivas, e nós seríamos fadados a engoli-las. Não teríamos a hipótese de modificá-las, pois elas conteriam a verdade absoluta, e o absolutismo é universal.

Outro beijo ;)

Alberto Marques disse...

Gostaria de ter menos interrogações e mais certezas, concretas. Não parar de buscar, mas chegar a algum lugar. Quando mais vejo, menos percebo. Como escrevi num post passado, longe de ter uma resposta, carrego em mim a dúvida de ter certeza.

Patrícia Gonçalves disse...

HM, o rato comeu!!!

Patrícia Gonçalves disse...

Sarah, com certeza, ter todas as respostas nos colocaria em uma zona de conforto extremamente perigosa.

beijos

Patrícia Gonçalves disse...

Alberto, concordo com você. Tenho um outro poema que fala que gostaria de ter a certeza de um ponto de exclamação.

abs