quarta-feira, setembro 29, 2010

Reflexo dos astros

Talvez como fantasmas, emoções, imagens, sou perseguida, não sei bem, o sentimento é confuso....As palavras se foram ou talvez a conexão com o sentido, essas perambulam soltas sem se importar em ser ou representar... palavras sem sentido. Ao invés de escrever o que me vai na alma, acho melhor escrever sobre o poder do sol, que se dane a falta de sentido temporário ou a irritação passageira. O sol sempre brilha, o céu é sempre azul apesar das nuvens, há sempre manhãs com o seu frescor. Que eu possa me impregnar desse sentido bonito da vida e espantar o desconforto sem sentido da alma!  Talvez os astros expliquem, preciso ver meus trânsitos. O exercício é me ausentar de mim e olhar, talvez neste esforço eu consiga perceber as peças soltas e montar um lindo mosaico!

P.S - Bom dia a todos, peço desculpas pelas ausências, mas ando meio sumida, sumida também de mim... Beijos e adoro todos vocês!

14 comentários:

Bípede Falante disse...

Patrícia, conheço a sensação. De vez em quando, vem uma tranca que passa um cadeado na gente e não diz onde está a chave.
Beijo.

Patrícia Gonçalves disse...

Bípede, é isso mesmo.... obrigada, a compreensão é um abraço... beijo grande.

António Rosa disse...

Patrícia

Com esse Sol assim, tudo se resolve, tudo fica mais transparente.

Beijo

António

Sil.. disse...

Pat, queridaaaaaaaaaaaa!!

menina, que saudade de ti!
Andei lendo que vc estava doente, que coisa amiga.
Esta melhor? E as crianças?

Pat, sabe o que eu acho?
Já tive essa fase de me perguntar se dentro de mim mesma era um bom lugar pra se morar.
Não era, porque nem eu mesma me aguentava, que dirá os outros, a vida!
Foi uma fase tão ruim.
Mas passou.
Hoje (Diria uns dois anos pra cá),
morar dentro de mim é aconchegante.
Talvez o unico lugar que me sinto protegida: Dentro de mim mesma.
As fases negras sempre rondam, as marés tempestuosas (meu dia a dia é bem assim), mas acho que adquiri uma pelicula, ou proteção em volta de mim, que dificilmente alguma coisa me faça sangrar, doer.
Me deixar sair de MIM!
Se é fácil? Não, não é.
Mas é possivel.
Infelizmente pra conseguir chegar nesse estágio, tive que perder o "Tesão" por muitas coisas, e muitas pessoas, mas foi melhor assim.
E a maré tá boa, a vida em paz, o coração tranquilo.
Talvez esse preço que eu esteja pagando, seja até ruim pra mim, mas foi o jeito que eu encontrei pra ser e viver feliz.

Fica boa logooooooooooo!
De corpo, de alma, coração.

Te gosto pacas!

Beijoooooooo, dona lindaaa!!!

Saulo Taveira disse...

Minha querida, vc pode tudo.

Dê esse tempo, vá ao encontro do sol. Encare seu brilho, alimente-se dele, aqueça a alma.
Medite, as palavras não se foram, adormeceram, estão deixando vc formar o mosaico para ressurgirem poderosamente fortes.

Um grande beijo. C'alma' consigo.

Beijos.

Ps.: Reserve tua agenda no dia 12/11/2010. Explico mais pra frente. hehehe

carmen silvia presotto disse...

É! às vezes, necessitamos nos afastar de nós mesmos para olhar nossos reflexos, que sempre estarão em outros, em outros, em outros...

Um beijo, Patrícia!

Michele P. disse...

Patrícia

Todos precisamos "dar um tempo" de e para nós mesmos. Isso passa. Coragem!

Bjs

Carol Morais disse...

Patricia, amada. O sol esta sempre la. Mesmo que a gente passe por noites frias e escuras, ele esta la. O problema eh que acaba sendo dificil para nos mesmos aceitarmos o fato de que nao podemos ter luz o tempo todo ou que nem sempre tudo eh como nos queremos ou desejamos que fosse.
Obrigada por compartilhar esses momentos bonitos. Que bom que anda sumida de ti tambem, as vezes isso refresca a alma. Depois, quando vc se procurar, acaba se achando, e tudo volta ao normal, vc vai acabar vendo sua vida com os seus proprios olhos e vai acabar esse momento no qual voce eh plateia de voce mesma.

Um beijo! Otimo dia!

ps: comentatio digitado sem acentos

Patrícia Gonçalves disse...

Obrigada, António, conto com este sol que me aquece!

Grande beijo!

Patrícia Gonçalves disse...

Querida amiga Sil, saudadona de você também! Obrigada por compartilhar, por abrir seu coração conosco! É assim mesmo, as vezes o caminho fica um pouco difícil, perdemos o GPS, ficamos confusos, mas tudo isso passa!!!!

O melhor lugar definitivamente é dentro de nós, a melhor casa, algumas vezes precisamos pintar os cômodos, dar uma arejada, colocar umas flores e pronto!

Beijo grande!!!

Patrícia Gonçalves disse...

SAulo, querido, obrigada pelas palavras gentis!

Já reservei na minha agenda!

beijo grande!

Patrícia Gonçalves disse...

Carmem, nossos reflexos nos outros como parte de nós, espelho multifacetado, exercício primeiro nessa busca diária do nosso eu.

beijo grande

Patrícia Gonçalves disse...

Michele, querida, algumas vezes dar esse tempo é difícil. Coragem eu tenho, o que vem nesse períodos é uma grande preguiça, mas inconstante que sou tudo passa!!!

beijo, linda!

Patrícia Gonçalves disse...

Querida, linda, Carol! Como pode alguém tão jovem, tão sábia? Você é especial!

Obrigada pelo abraço virtual em palavras!

Beijo grande!