segunda-feira, novembro 14, 2011

Entre o céu e a terra habitam as incertezas



Havia inscrito-o sob a pele em uma operação meticulosa de ato cirúrgico e um quase haraquiri, desconhecia do amálgama resultante qual parte lhe cabia e qual parte era presente.  Embora, soubesse desde o inicio que não havia como sair incólume do ato de observar a própria experiência.



5 comentários:

Helcio Maia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Helcio Maia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Bípede Falante disse...

não há nem mesmo com anestesiar, há? :)
beijosss

Júlio Machado disse...

Seppuku-sepucral.
Coragem ou covardia?
Sabe-se lá. O ser humano nada mais intriga; nada mais me espanta.
vívidos beijos!

Anônimo disse...

Observar a própria experiência. Tarefa difícil. Perdemos tempo ao observar outras. Optamos pelo fácil. J.H.