quarta-feira, março 28, 2012

A noite encenando a noite


Busco rotas que se insinuam
entre o dobrar de páginas 
de um livro e as horas 
escritas na pele
com luz da noite
feita de brumas e estrelas

O sorriso do céu escancara 
o branco da lua, nua e sem vergonha 
que se expõe sem culpa 
e, despudorada mostra sua flor
que exala o perfume 
das paixões e dos amantes

Um bêbado, um gato e uma prostituta dançam sob o luar

Em algum lugar ao leste, a luz prenuncia a chegada do dia
e o cair dos panos, dando a deixa aos atores para se retirarem do palco.

Aplausos, senhores (comanda uma voz em off). De pé!

6 comentários:

Lily disse...

É o que fica em nós após a leitura de um bom livro? Ou é a utopia da noite, que nos envolve e nos faz sonhar que o amanhã há se ser sempre melhor?

Suzana/LILY

Anônimo disse...

Danada essa lua. Tão sem vergonha quanto uma amiga minha, que feito relâmpago, aparece e desaparece - tanto no virtual quanto no real -, sempre deixando um gostinho de quero mais. JH.

Evanir disse...

Se não pudermos ser um sol esplenderoso,
contentamo-nos em ser um simples vagalume.
**O importante é iluminar alguma coisa***
Enquanto não posso escrever lindas palavras nas minha visitas.
Quero ser pelo menos o vento com sua brisa suave soprar no seu rosto.
Quero de alguma forma dizer o quanto você é impotante para mim.
Quero dizer que minha ausência não é esquecimento
E sim a fatalidade de estar sempre em tratamento
Um tratamento que teve começo mais um dia chegara ao Fim.
Se eu não puder ser benção na sua vida
Que eu seja alguém que possa transmitir somente o amor que tenho no meu coração.
Quero ser um bem imutavel na vida de todos que
sempre se lembra de mim com carinho.
Quero ser a paz e fazer minha Viagem ficar mais suave
para meu coração.
Quero com tudo isso dizer..
Eu não esqueço jamais de você.
Beijos na alma.
Evanir.

Júllio Machado disse...

Clap!Clap! Clap...!
Grande é o espetáculo das nossas sensações poéticas.
Bela inspiração!
Beijos!

MOISÉS POETA disse...

Aplausos para você , Patricia !

Beijo grande !

Lê Fernand's disse...

é sempre um mistério.


=)

bj meu