quarta-feira, maio 25, 2011

Espera

te busco, de forma incerta
na certeza de amanhãs que virão
na geografia imprecisa
entre um raio de sol
e uma folha trêmula
o veludo da terra abriga
segredos úmidos
uma dor, sem pai ou mãe
orfã dos tempos
das horas também incertas
acalenta ausências

não há conforto na dor do amor
somente a certeza...
do vazio





11 comentários:

carmen silvia presotto disse...

Depois do vazio, está um mundo para habitar...tanta dor, tanto amor... um dia se transforma.

Beijos Patrícia.

Carmen.

Júlio Machado disse...

Na "certeza do vazio", resurge, sempre,transcendente; imanente, feito fênix, o big-bang da vida que te convida a ser feliz.
Basta prestar atenção; dias melhores virão. Só o amor salva. O amor ao próximo, o amor a vívida natureza, o amor ao belo em si. Em suma, no fim o amor sempre aplaca a dor.
Abraços poéticos!

Bípede Falante disse...

Na dor do amor, paira um vazio, mas despontam também as poesias. O seu poema está forte, dolorido, e impactante.
beijoss

Helcio Maia disse...

Bendita espera, que se alimenta de anseios. Que os desejos se alimentem nos seios da saudade, uma espécie de verdade latente, dessas que dá na gente, que dói na gente, mas é tão urgente ir adainte...
Quanto aos amnahãs, são tantos, diversos, alguns escritos em versos, outros...adversos mas nem por isso menos amanhãs. Creio que alguns amanhãs amanhecem, outros...se esquecem.

Patrícia Gonçalves disse...

Carmen, bendito poder da transformação!

bjs querida

Patrícia Gonçalves disse...

Julio, é por isso que eu amo muitooo!!!!!

Bendito seja o amor e sua dor!

bjs

Patrícia Gonçalves disse...

Bipede, graças a deus, há sempre um lado positivo!!! rsrsrsr

bjs

Patrícia Gonçalves disse...

Helcio, adorei seus amanhãs, em versos, adversos, até mesmo dispersos!

bjs

Tuca Zamagna disse...

Pegando o gancho da Bípede, Patrícia, a certeza do vazio é nosso único bem eterno.

Obrigado pela sua participação na festa da Raíssa. Quase enlouqueci pra postar aquilo tudo com o blogger dando ene problemas, mas valeu. Gostei do resultado e, o principal, ela ficou felicíssima.

Beijos

A.S. disse...

Patricia,

O amor e a dor são as duas faces da mesma moeda...

Beijos!
AL

Sam disse...

A espera é uma busca incerta que a gente conhece tão bem!

Beijos,q uerida.
Meu carinho
Samara Bassi